Trindade

 Trindade, a Capital da Fé de Goiás, nasceu a partir da crença e devoção, com a descoberta do Medalhão de Barro do Divino Pai Eterno. Milhões de devotos saem, em romaria, de diversas cidades de Goiás e de estados próximos, do Centro-Oeste e do Sudeste, desde o século XIXs, para participar da Festa do Divino Pai Eterno, iniciando-se no último sábado do mês de junho e finalizando-se no primeiro domingo do mês de julho, em Trindade. A Romaria do Divino Pai Eterno é o 2º destino religioso mais visitado do país.


Informações sobre Trindade

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade é considerada a segunda maior festa religiosa do Brasil. Em 2018 bateu pela primeira vez a marca de 3 milhões de fiéis, vindos de todos os estados do país. Começa no último sábado do mês de junho e finaliza no primeiro domingo do mês de julho, e ocorre todos os anos. Durante os dias da romaria, são realizadas mais de 100 missas, 45 novenas, 27 orações do terço, 11 procissões, alvoradas, vigílias e outros eventos. Além disso, o evento também tem programações artísticas e culturais de entidades públicas e privadas.

O Padre Robson de Oliveira é um dos grandes responsáveis pelo crescimento do evento. Ele foi reitor do Santuário do Divino Pai Eterno por 11 anos e é presidente-fundador da associação de fiéis, a Afipe (Associação Filhos do Pai Eterno). Em 2016, parte da programação diária da REDE VIDA de televisão passou a ser transmitida direto do Santuário, em Trindade, dando notoriedade nacional e internacional à devoção ao Divino Pai Eterno.

A TV Pai Eterno foi inaugurada no mês de maio de 2019, representando um marco para a história da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). São 15 anos de evangelização por meio das obras sociais e dos meios de comunicação.  

A Rodovia dos Romeiros. Durante o período da novena e da festa, milhares de pessoas de todas as idades e estilos percorrem os 18km da GO-060, também chamada de Rodovia dos Romeiros. É um momento para agradecer, para pensar sobre o que passou, sobre o que vai ser. Caminhando pelo percurso, o fiel está colocando-se a caminho, caminhando ao lado do Divino Pai Eterno. 

A Via Sacra. Ao longo dos 18 quilômetros do 'Caminho da Fé' os romeiros podem apreciar 14 painéis com 10 metros de largura por 4 de altura que retratam a Via Sacra. A arte dos painéis ficou por conta da criatividade do artista plástico goiano Osmar Souto, que usou mosaicos de cerâmica e concreto em alto relevo para construir as imagens.

Para chegar em Trindade, os romeiros devem passar pelo Portal da Fé, um monumento com mais de 20 metros de altura, construído em 2011. Aos pés da cruz há uma imagem do Divino Pai Eterno onde os fiéis costumam acender velas e fazer orações. 

Santuário Basílica. Em 1943, quando a Romaria do Divino Pai Eterno completou 100 anos, Dom Emanuel Gomes de Oliveira, o arcebipo de Goiás na época, lançou a pedra fundamental do atual Santuário do Divino Pai Eterno. A partir de 1974 as novenas e a Festa do Divino Pai Eterno já eram realizadas aqui. Em 2006, o Papa Bento XVI concedeu o título de Basílica ao Santuário, tornando-a a única no mundo dedicada ao Divino Pai Eterno.

A Basílica é imensa e costuma ficar lotada durante as missas que acontecem em seu interior. Os fiéis peregrinam até a Fita do Beijamento, para pedir bençãos e agradecer aos pés da Imagem do Divino Pai Eterno. De acordo com Pe. Robson de Oliveira, a Fita do Beijamento é uma tradição mundial do Cristianismo. "As pessoas não alcançam a Imagem, mas é como se estivessem ligadas a ela quando beijam a fita. Como se a graça de Deus se derramasse sobre eles". 

Igreja Matriz. O primeiro Santuário do Divino Pai Eterno foi inaugrado em 1912. Hoje em dia, ele é conhecido como Igreja Matriz, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e como Patrimônio Cultural Material do Brasil. A Igreja é ponto de partida para a tradicional Romaria dos Carros de Boi e para o Desfile dos Cavaleiros e Muleiros

A Romaria dos Carros de Boi de Trindade é o maior do mundo em sua categoria. A Romaria de Carros de Boi da Festa do Divino Pai Eterno, de Trindade, foi reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro, por sua relevância histórica e importância para a preservação das tradições rurais, e inscrita no Livro de Registro das Celebrações. 

 A procissão segue desde a Igreja Matriz, onde os carreiros são benzidos, até o Carreiródromo Ada Cira, acompanhados de perto por uma multidão. O Carreiródromo é uma imensa via cercada por arquibancada dos dois lados, por onde passam os carreiros e seus carros de boi. 

Viagem dos Carreiros. Alguns carreiros, de diversas partes de Goiás, e até de outros estados, viajam por mais de 10 dias até chegar em Trindade. Eles vêm com as famílias e vão acampando pelo caminho até chegar aqui. É uma tradição passada de geração em geração dentro das famílias. Muitos dos carreiros hoje adultos, costumavam vir para a Romaria dos Carros de Bois com seus pais e avós.

Desfile dos Cavaleiros e Muladeiros é outra tradição da Romaria do Divino Pai Eterno de Trindade (GO), que também começa na Igreja Matriz da cidade. Centenas de cavaleiros e muladeiros desfilam e pedem bençãos ao Divino Pai Eterno montados em seus cavalos e mulas. Assim como a romaria dos carros de boi, o desfile é uma tradição passada de geração e geração e levada muito a sério pelas famílias e grupos de fiéis e romeiros.

O Bonde do Pai Eterno é uma maneira animada para fazer um tour por Trindade. O trajeto passa pelos principais pontos turísticos da cidade. 

A Vila São Cottolengo é uma instituição filantrópica fundada em 1951, que cuida, em tempo integral, de crianças e adultos com diversos tipos de deficiência.  A Vila faz um trabalho reconhecido nacionalmente e conta com doações e com ajuda dos missionários redentoristas para se manter. Durante o período da Festa, eles preparam uma programação super especial com apresentações de música e dança dos internos. 

Na Igreja do Santíssimo Redentor também é conhecida como Igreja do Padre Pelágio, você pode aprender mais sobre a história do missionário redentorista alemão, que viveu boa parte dos seus 83 anos em Goiás e é conhecido pelo trabalho de atenção à população carente. A Igreja acolhe os restos mortais do Padre Pelágio, atualmente em processo de beatificação.

Museu da Memória de Trindade fundado em 1998, instalado em um prédio construído em 1912. Seu acervo é composto de fotografias, objetos e documentos que contam a história de Trindade, assim como obras de artistas locais que retratam os primeiros milagres após a descoberta do medalhão. 

Capela do Cruzeiro localizada em um mirante próximo ao canteiro de obras. A vista do atual Santuário vale a visita! 

O Cineteatro Afipe, antigo cinema de Trindade, ícone art déco da cidade, foi recém reformado e ampliado. O espaço é dedicado à cultura e entretenimento e recebe diversos eventos abertos à população em geral e aos visitantes. 

O Novo Santuário. Com o crescimento no número de visitantes e fiéis, em 2010, a Afipe decidiu começar um novo desafio: a construção de um novo Santuário. O canteiro de obras impressiona. São nada mais nada menos do que mais de 12 mil metros quadrados. 

Trindade terá o maior sino do mundo, a segunda maior Basílica do Brasil e a terceira maior do mundo.